REFLEXÕES DE SATURNO EM RETORNO
Foto: Divulgação
Publicidade

REFLEXÕES DE SATURNO EM RETORNO

Ela.

Quem é ela?

Quem é essa que chamo de ‘mãe’?

Teria ela outros nomes?

Seria ‘A eterna adolescente’?

A Dom Quixote Naufragada’?

Ou ‘A Rebelde Sem Causa’?

Mulher insegura

Joana D’Arc falível

Filhos, gatilhos, discurso insípido

Chamas de fúria em vão

Contra moinhos de vento

Está sã

ou à beira da loucura?

Brada, xinga e grita

E quanto mais alto sua voz chega

Menos será ouvida

No berro nada se muda

Ninguém quer estar por perto

Ela não poupa impropério

Não consigo entender

As coisinhas miúdas que te irritam

Há tanto equívoco no caminho

Mas as reais lacunas parecem não te incomodar

lapso mais grave

É a farsa tamanha

Sob o disfarce professoral

Está uma moça de mente tacanha

Pergunto à Ela:

De que vale seu nobre coração

se não consegue libertá-lo dessa profunda escuridão?

Ela não respondeu

Emudeceu

E se eu..?

Eu?

Eu nada

Ela nem deu falta

Da falta que fez

Das falhas que faz

***
Crédito: Chrisce de Almeida

Por Tacy de Campos  cantora, compositora, poeta. Seu primeiro disco autoral é “O Manifesto da Canção” e integra os projetos “DuoPlex“, “DuoÀs” e Banda Os Marginais. Tacy ainda atua como atriz e cantora em Cassia Eller, O Musical desde 2014 e apresenta o show “Relicário Cássia Eller”. É voluntária dos projetos “Os Pitais” e “Solyra”.  É Colunista do Portal VRNews e apresentadora do Programa Sala dos Fundos no YouTube.

Publicidade

Deixe uma resposta