Publicidade

Tem coisas nessa vida, que só sentindo pra saber. É algo tão especial, que nos leva a agir na força do crer. É nessa força que reside a mola do sonhar e realizar. Força essa que todo mundo tem. Mas tem gente, que faz tão bom uso, que vai um pouco mais além. Vem comigo conhecer essa jornada, que tornou menina luz, verdadeira mulher iluminada.

No significado do seu nome, nasceu luz verdadeira. Visão de sabedoria da avó, que batizou seu nome com missão de uma vida inteira. Vera Lúcia, pequena na constituição, enorme na construção. Veio do pai, seu valor pelo trabalho e conhecimento. Tanto estímulo recebia que se manteve firme nesse movimento. Da mãe, o lado servidora. Diferente do viés do pai, mas também tão importante pra sua balança medidora.

No passado não bem compreendido, veio insight no presente pra ser reconstruído. E o que parecia incompreensível virou igua legado, apenas olhando por um outro lado.

Menina de base simples e sólida, com a fusão pefeita da sua genealogia. Vida deu vida à ela, com medidas certas para sua tão grandiosa ideologia.

O medo que na criança residiu, encontrou força e liberdade na trajetória que construiu. Lutou, cresceu, venceu. Usou determinação e inteligência. Fez uso de seu esforço e de toda sua resiliência.

Mulher, já de posse de seus talentos e missão, entrega amor e empatia à favor da transformação. Na família, alicerce, aconchego e prazer. No trabalho, congruência, realização e sentido no fazer. Nos dois e na vida, sua luz jamais foi escurecida. Ao contrário de todo seu desafiar, foi iluminando e buscando mais em todo seu caminhar.

Nasceu luz e cumpre seu destino. Consciente de onde veio e de onde quer chegar, vai agregando, entregando e mostrando que missão de seu brilho é iluminar.

Gosta de gente e tem no DNA o servir. Encontrou dentro e buscou fora, muita força no surgir. Caminho lindo de muito superar. Mas hoje Vera sabe, que sua mola propulsora reside no acreditar.

Acreditar em si. Acreditar que é possível. Fazer sempre seu melhor pra tornar todo sonho crível. E dentro desse sonho e caminhar, levar força e intenção pra quem precisa se encontrar.

Missão linda, cheia de entrega e legado. O servir que veio da mãe, com o trabalho que veio do pai, sempre do lado. Missão essa no trabalho e na vida, de levar o que o outro precisa pra (re)encontrar sentido e força como ponto de partida. Missão essa que pra sempre continuará, porque quem nasceu pra iluminar, sabe que sua luz jamais se apagará

Andréa - Redes Sociais (11)

A Estação de Histórias é escrita por Andréa Cristina Carvalho (direitos autorais reservados)

www.encontrotansformandovoce.com.br

@encontrotransformandovoce @andrea.cristina.ac

Escritora por paixão, colaboradora da Revista Expresso Livre uma generalista apaixonada pelo ser humano; uma agente de transformação.

Leia outras matérias dela aqui

Publicidade

Deixe uma resposta