ENTRE QUATRO PAREDES VALE TUDO
Crédito: Divulgação
Publicidade

Por que tantas pessoas buscam sexo fora do Relacionamento?

Escuto essa pergunta constantemente, e a minha resposta é sempre uma pergunta:

Por que o sexo entre muitos pares se tornou algo frio, mecânico e sem calor?

A resposta é fácil e simples, porque vivemos vidas FAKE, somos o que não queremos ser, falamos e concordamos com muitas coisas que não condiz com o que realmente pensamos e queremos.

A busca enlouquecedora por um par também é um problema na vida sexual de muitas pessoas. Existem preocupações com a vida profissional e posição social, mas pouca preocupação com o relacionamento, só que o tempo voa, e quando percebem já estão com 40 ou 50 anos, aí vem à aflição em se casar, ter filhos e construir uma família. O “FOCO” que deveria ser curtir o momento, a companhia e o flerte, é substituído pelo sentimento de pressa como se não existisse tempo para mais nada. Pessoas que mal se conhecem decidem se casar, ter um relacionamento supostamente sério e acabam vivendo com um estranho, não sabem nada um do outro, suas vontades, seus anseios, medos, paixões, e ao invés de virarem cúmplices tornam-se estranhos em um mesmo ninho.

As pessoas têm desejos e vontades sexuais peculiares e se recusam a compartilhar com seus pares, achando que isso não faz parte do relacionamento e que suas esposas ou esposos não gostariam de tais FETICHES (DOCE ILUSÃO), sem falar nas mulheres que escondem desejos enlouquecedores, os quais jamais vão falar para seus pares, afogam a EXCITAÇÃO e o PRAZER em prol de uma imagem desenhada por uma sociedade preconceituosa (TRISTE REALIDADE).

A busca pelo sexo fora do relacionamento ocorre em virtude de muitas pessoas serem supostamente conservadoras (HIPOCRISIA), um conservadorismo social ultrapassado. Então pergunto:

Por que ter um relacionamento?

Por que ficar com alguém que não te da prazer?

Por que ficar com alguém que não vai te permitir desfrutar dos prazeres da vida?

E a resposta para todas essas perguntas é a mesma, marionetes desenhadas pela sociedade, vidas guiadas e traçadas (por um outro alguém), casamentos estáveis, relacionamentos e famílias supostamente perfeitos.

Mas a estabilidade é algo que na realidade é instável e a perfeição é algo inexistente, porém o prazer não, e quando falo em prazer, me refiro ao prazer de viver, de estar livre de amarras pré estabelecidas, o prazer de sentir TESÃO por tudo, o prazer que vem do orgasmo, O PRAZER EM SENTIR PRAZER, de todos os prazeres que a vida possa proporcionar, o qual todo mundo deveria desfrutar por toda vida.

SERES supostamente conservadores, não condenem seu par a viver uma vida de desejos ocultos e retraídos, seja ESFÍNGICO, promova o prazer, se preocupe com quem você diz que ama, porque isso é uma prova de amor, querer saber e querer realizar os desejos de quem se ama.

Mulheres não se retraiam não se apaguem, não sejam o que a sociedade supostamente desenhou para vocês, busquem, peçam, falem e se for preciso gritem, não vivam em um relacionamento sufocante sem prazer, não foi pra isso que vocês aceitaram um par, foi para ser feliz.

Quando falo sofre conservadorismo não falo para não serem conservadores e desrespeitarem um ao outro, porém, o conservadorismo é para com as pessoas alheias a você e seu par, entre um casal deve existir liberdade de expressão e diálogo, a frase clichê: “ENTRE QUATRO PAREDES VALE TUDO”, nunca fez tanto sentido como nos dias de hoje.

O que você e seu par fazem é problema de vocês, façam o que vocês quiserem, busquem novos incentivos e se descubram, até porque, “mesmo vivendo uma vida toda juntos vocês nunca vão se descobrir por completo”.

 

Ame, viva, seja feliz!
Seja sua melhor versão.

 

 

Por Sabrina Matos é Sexóloga, Pedagoga, Educadora Sexual, Analista Ambiental, Economista, Karateca, Youtuber, CEO em sexualidade, Idealizadora e Coordenadora do 1º Curso Teórico Profissionalizante de Artes Marciais e integrante do Projeto Femininação . Também é autora e idealizadora de alguns projetos, como os 5 sentidos, que trabalha com a percepção do “TOQUE” e dos “SENTIDOS”, e a verdadeira essência do “KAMA SUTRA”. E a interação, que trabalha com a mente, corpo, ambiente e par.Sabrina também faz atendimentos com hora marcada em seu “Espaço Amiga” (Home Office), online, da palestras, ministra workshop’s e disponibiliza em seu canal do youtube, vídeos educativos sobre temas ligados a sexualidade. Atende somente mulheres, mas palestra para adolescentes, jovens, mulheres e público misto.

·         Contato: 41 99185-1452

·         E-mail: oficialsabrinamatos@gmail.com

Publicidade

Deixe uma resposta