Foto: Divulgação
Publicidade

Rio de Janeiro , RJ 11/11/2020 –

A obra traz a visão prospectiva de como serão os seres humanos em 2030, as mudanças fundamentais na sociedade até lá e a importância das tecnologias em todo esse processo.

O livro “Novos humanos 2030” é o resultado de um trabalho de pesquisa organizado por um grupo de especialistas da UFRJ, das mais diversas áreas do conhecimento, como Psicologia, Psiquiatria, Saúde Mental, Mídias Digitais, Dependência Digital, Inteligência Empresarial e Tecnologias Funcionais, tendo sido organizado pelos também autores Lucio Lage Gonçalves, Anna Lucia Spear King e Antonio Egidio Nardi.

A obra traça um panorama sobre como será o mundo em 2030 e, mais especificamente, as relações interpessoais em um ambiente tomado pelas tecnologias. Destaca que a referência ao ano 2030 não é casual, emerge de pesquisas sobre como a humanidade poderá estar até lá, a partir de consistentes estudos que vêm sendo realizados sobre esse tema em todo o mundo, que indicam que os humanos estarão em um patamar muito mais evoluído e diferente em sua natureza e em suas práticas.

Para Lucio Lage Gonçalves, um dos organizadores da obra: “Mudanças comportamentais e sociais vêm sendo redesenhadas a todo instante na vida dos indivíduos, construindo um novo modelo de seres humanos em um futuro breve”.

O livro cita e amplia para o aspecto comportamental a tese defendida pelo historiador israelense Yuval Harari, segundo a qual os avanços tecnológicos vêm produzindo mudanças radicais e que, para o bem ou para o mal, os seres humanos vivem de forma cada vez mais acelerada.

Segundo os autores do livro, a humanidade nunca se viu capaz de evoluir tanto em tão pouco tempo. E estimam que, continuando nesse ritmo de mudanças aceleradas, nos próximos dez anos ocorrerão muito mais novidades do que as que ocorreram entre 2010 e 2019.

Mais informações sobre o livro, podem ser obtidas pela seguinte página na internet:
https://www.barralivros.com/novos-humanos.

Website: https://barralivros.com

Publicidade

Deixe uma resposta