Publicidade

Crônica Bicho-pau:

 

O “homem” da minha vida, na verdade, é uma mulher! E quando ela sobe no palco, ela tem o maior PAU do mundo e bota pra fudê!

E você? Consegue me dizer aonde está o seu PAU? O dela tá na voz maravilhosa e no talento ímpar de tocar e compor. O meu por exemplo, cresce quando fotografo, produzo, cozinho ou quando escrevo. Então, recomendo que não fique aí parado igual um 2 de PAUS! Você tem que saber onde está o seu PAU e o que fazer com ele! É o mínimo!

 

Esqueça o PAU alheio, porque afinal de contas, ninguém goza com o PAU dos outros.

 

Crônica Bicho-PauSe você sofre da síndrome do PAU pequeno, saiba que PAUS pequenos também gozam e podem ser felizes. PAU que nasce torto se endireita sim! Não seja um PAU no cu desdenhando o PAU alheio que isso é feio! Relaxa e goza (com o seu PAU, é claro!) Tá difícil gozar? Talvez você precise de alguns estímulos. Boto PAU na mesa e vá a luta… É PAU de sebo, é PAU de arara, é PAU de selfie, é santo do PAU oco, é PAU no gato! É PAU na máquina e é PAU a dar com o PAU!

O fato é que sempre há uma cueca velha pra um PAU doente. Ah! O PAU não tá doente? Tá triste? Então encosta a sua cabecinha no ombro de alguém e chora até descobrir de uma vez com quantos PAUS é que se faz uma canoa. Aí será PAU, pedra e fim de papo!

 

A Coluna Fantástica é escrita por Chrisce de Almeida: Carioca, fotógrafa, profissional de marketing e escritora.
Publicou seu livro “Raiva Passageira” em 2011 que teve em 2015 a segunda edição digital pela Amazon. Em breve lançará seu segundo livro “Fantástica Peregrina”.
Defensora dos Direitos Humanos e feminista, nossa poetiza de olhos de oceano é intensa, é frágil, é forte! E isso fica muito evidente em seus textos e poesia.
Leia mais textos AQUI
Publicidade

Deixe uma resposta